quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Para enfrentar o calor, o terno que vira bolsa



Todos os anos, quando as temperaturas começam a subir, o Japão adota oficialmente a campanha do Cool Biz. A ideia é estimular as pessoas a se vestirem de maneira mais descontraída, com tecidos leves, dispensando a refrigeração no grau máximo e, consequentemente, economizando energia. A estratégia, que tem patrocínio do governo, ganhou força desde 2011, quando o país foi obrigado a fechar a maior parte de suas usinas nucleares devido à tragédia de Fukushima. Este ano, um prêmio para designers marcou o lançamento do Cool Biz 2014.

Estudantes de moda se juntaram à indústria têxtil para criar roupas e tecidos inovadores, próprios para o calorão que faz deste lado do mundo durante o verão. O prêmio principal foi para a designer Mai Fusegi que criou um terno que pode ser facilmente dobrado, transformando-se numa bolsa sem ficar amarrotado. Ela usou um poliéster ultraleve desenvolvido no Japão pela fabricante Teijin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário